segunda-feira, 30 de julho de 2012

Poesia

Estou a contemplar o brilho das estrelas o brilho do luar,a brisa batendo no rosto e eu a pensar aonde te encontrar para poder te abraçar.

E assim continuo a caminhar sobre as brancas areias da praia de um lindo mar.
Esse vazio me maltrata,mas sei que a vida não é ingrata e que em algum lugar você está a me esperar, pelo encontro do nosso olhar.

Esse amor eterno que nos faz feliz só com um olhar ,que o coração pulsa sem parar que um sorriso nos faz iluminar.

Que uma lágrima nos lava a alma. Que um abraço nos alimenta. Que amor é esse? Não sei,mas sei que sem ele não posso ficar.

O que fazer para esse amor encontrar e juntos ver o mar,e contemplar a luz do sol e do luar.

Como é triste passar a vida sem recordar como é belo seu olhar como é bom poder te amar.

Amar,amar,amar e acreditar que um dia vou te encontrar para poder compara o que brilha mais a luz do sol a do luar ou a luz do teu olhar.

- Ângela.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário