segunda-feira, 30 de julho de 2012

Para os erros, perdão. Para os fracassos, uma nova chance. Para os amores impossíveis, o tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário